Sou adolescente, mas não sou lata lixo!

12 dez

Hey! Tenho 16 anos indo pros 17 e sei que vivi e estou vivendo anos maravilhosos.
Só porque sou adolescente muita gente acha que eu não sou capaz de muitas coisas e que eu não mereço nada muito requintado. ¬¬
Minha professora da Escola Bíblica Dominical fala algo muito interessante: “O adolescente cristão tem que ser no minimo inteligênte”! Concordo plenamente, mas vou além: “O adolescente do mundo globalizado tem que ser no minimo consiênte”!
Chega de ser tratado como CRIANCINHA! CHEGA DE SER CRIANCINHA! Vamos levantar e ter atitude. Diga NÃO AS DROGAS, aos VÍCIOS, a BEBIDA ALCÓOLICA, a PORNOGRÁFIA, a DISCRIMINAÇÃO SOCIAL, a VIOLÊNCIA, ao BULLING, e ao LIXO que jogam nas nossas cabeças todos os dias!
É pedir muito ter na TV programas voltados ao nosso público com papo cabeça, com temas mais profundos, com atitude de verdade, não ao que a “massa” faz? É pedir muito ter uma revista que fale sobre coisas que nos interessam ser ser fútil e vulgar D+?
Poxa vida! O maior problema da nossa sociedade, sendo dos pais até a mídia é que eles nunca sabem como tratar o adolescente, ou eles nos tratam como crianças, tendo programas e reportagens bem bobas e enjoativas, ou nos tratam como jovens/adultos colocando-nos muito exposto, falando sobre coisas que ainda não cabem a nós e obrigando-nos a crescer rápidamente.
Eu posso estar parecendo antiquada, mas a verdade é que as consequências nós vemos com o grande número de adolescentes grávidas, que foram tratadas como jovens, sendo estimuladas a transar, a fazer sexo assim que der vontade, e ao mesmo tempo foram tratadas como crianças não falando a elas as consequências dos atos, mostrando que cuidar de bebê é que nem cuidar de boneca e passando a mão em suas cabeças.
Não tenho vergonha de falar que eu assisto MALHAÇÃO, mas custa fazer dessa novelinha algo mais inteligente, algo mais cabeça, sem tantas futilidades e vulgaridades? Tipo, a história toda se resume em “quem pegou quem?”, “como é que foi a pegada?” e se “vão se pegar por quanto tempo?”, claro que não podemos esqucer que no meio de tanta futilidade os personagens acabam tendo um lápso de cidadania e se engajam em algumas causas sociais. Puxa… eu nem tô pedindo pra parar de ter o pega-pega que é o que mais da emoção a trama, mas bem que as personagens poderiam ter mais profundidade e poderiam deixar de ser tão bobinhas, né?
Mas agora eu poderia falar super maaaaal de algumas revistas para adolescentes, já que não sou adepta desse tipo de literatura(se podemos chamar assim), mas acho que é desnecessário falar como é inútil essas revistas que tem 90 PÁGINAS falando de beijo, sexo e garotos… Não vou ser injusta, eu sei que falam também de música(dos músicos lindos =p), de cinema(dos atores gatos) entre outras coisas interessantes do mundo( dos outros gatos que tem no mundo u.u), sem falar dos colírios, né? Ai como essas revistas nos enchem de coisas úteis! O que seria da minha vida sem elas? ¬¬
Bom, antes que todos vocês pensem que devo ser mais uma daquelas feministas de esquerda, eu já me defendo e falo, sou apenas uma adolescente que quer mais qualidade nas coisas que jogam na minha cabeça. Sei que não é pedir muito, na verdade é pedir o mínimo. Não quero ser mais uma alienada filosóficamente, que vive de acordo com os desejos da sociedade, sendo mãe de 8 crianças que um dia serão mão de obra barata para alguma empresa(sem querer ser marxista xD).
Pre ver como eu não sou radical, eu gostaria que na malhação tivessem mais personagens como a Bianca de Caras&Bocas, por exemplo. Ela não é uma personagem modelo, mas ela é leve, é divertida, muito esperta, tem seus defeitos, é ambiciosa, mas tem profundidade, consistência. Observem para vocês entenderem.
Eu só quero viver com adolescentes melhores. Quero fazer parte de uma geração que vive intensamente e com muita sabedoria. Eu penso que é muito legal quando no recreio eu converso com alguns colegas sobre coisas inteligentes, sobre coisas sobre o nosso país, planos pra vida, sonhos. É óbvio que como toda garota eu também gosto de conversar sobre garotos, novela, música entre outras coisas, poruqe na vida tem que haver diversão, mas tudo sempre mantendo o equilíbrio.
Bom, não parem de assistir Tv, Malhação, talvez, até que se salva em alguns pontos… revistas inúteis??? Pra mim, nem pensar!!! Mas o mais importante disso é ter senso crítico. Aprenda a saber o que é bom e ruim pra você. Não aceite tudo o que a TV te joga. Porque por mais que o programa seja bom, sempre vai te jogar algum lixo. E o que é lixo tem que ser jogado fora!
Analise, questione e compare com a Palavra de Deus, que só busca o seu melhor. Veja se o que a mídia te lança é o certo ou se é apenas uma modinha boba, ou até mesmo um vírus que irá destruir a sua vida.
Antes de assistir um programa, ou comprar uma revista, lembre-se:
“SOU ADOLESCENTE, MAS NÃO SOU LATA DE LIXO”!!!!

P.S.: Comentem, gente! Diga-me suas ideias, fala o que acha sobre os artigos, me questionem, me combatam… só com o dialogo e debate há crescimento. Não quero ser a única a falar aqui nesse blog. O espaço é de vocês também. ;*

Anúncios

Uma resposta to “Sou adolescente, mas não sou lata lixo!”

  1. Rosa agosto 1, 2010 às 7:04 pm #

    Seu texto ficou excelente. O mundo está caminhando para dias melhores e será um paraíso quando todos os adolescentes pensarem e agirem como você.

    Parabéns!
    Continue escrevendo textos neste nível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: